Smartwatch e Rituais Religiosos

Para que uma Inovações tecnológicas será considerada uma verdadeira tendência, além de rigor técnico e uma grande dose de criatividade, ela precisa solucionar problemas humanos e engajar pessoas. Um bom exemplo, são as tecnológicas que estão sendo desenvolvidas para atender às necessidades dos rituais e dos consumidores religiosos. Historicamente, a religião tem tipo pouca penetração da tecnologia. E tirando casos em que os dogmas proíbam o uso de tecnologias, não há porque acreditar que isso será assim por muito mais tempo. Muitas religiões estão desenvolvendo novas estratégias para engajar as gerações mais novas, talvez, produtos tecnológicos desenhados para religiões possam oferecer boas estratégias para esse engajamento. Para as próximas gerações de nativos digitais, tecnologias como IoT serão quase inseparável de sua individualidade. Como resultado, a tradição religiosa também precisará se digitalizar. Um exemplo interessante é o smartwatch desenhando por Gyu Hyung Han, o Qibla. O relógio inteligente foi projetado para ajudar muçulmanos a se localizar e realizar suas operações diárias sem problemas com identificação geográfica. Afinal, já sabemos há algum tempo que novas gerações tem prejudicado seu senso de localização devido ao uso de GPS. O Qibla rastrea a direção de Meca e a posição do sol para garantir que seus usuários sempre saiba com precisão para que lado devem realizar suas operações diárias. O dispositivo possui um design totalmente preto, com uma borda dourada tátil. O relógio é apenas um exemplo de como a tecnologia continuará penetrando todas as esferas da vida social, inclusive os rituais religiosos.

Não perca as tendências 

que perturbam a sociedade 

RROMANO

Site
Olá,👋  
vamos conversar? 
Redes Sociais
  • Instagram
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon